• SESI/MT
  • SENAI/MT
  • IEL/MT
  • Sistema FIEMT
Voltar

Dia Nacional da Vacinação: Sesi alerta para importância da imunização de trabalhadores

16/10/2020 - 10h15

O Dia Nacional da Vacinação, comemorado em 17 de outubro, foi criado pelo Ministério da Saúde para alertar a população sobre a imunização contra doenças virais e bacterianas. Em 2020, o foco é a atualização das cadernetas infantis, especialmente para a prevenção da poliomielite e do sarampo. Mas além das crianças, dos adolescentes e das gestantes, os adultos e os idosos também precisam se vacinar e manter em dia seus registros.

De acordo com a supervisora de Saúde Ocupacional do Serviço Social da Indústria (Sesi) MT, Gabriela Davila Laurito, a vacinação pode desempenhar um papel crucial na manutenção da saúde do adultos. Para este grupo, as principais vacinas indicadas são para H1N1, Dupla adulto (difteria e tétano), hepatite B, febre amarela e dTpa adulto (Difteria, tétano e coqueluche).

No Brasil e no mundo, muitas doenças deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação massiva da população. “As vacinas evitam doenças imunopreviníveis e afastamentos do trabalho. Uma vez que diminuiem os riscos de problemas de saúde, promovem o bem-estar de todos e, inclusive, melhoram o ambiente organizacional”, ressalta.

A supervisora explica que, manter a vacinação em dia reduz, consideravelmente, o risco de contrair doenças que podem levar a complicações e à morte. “No ambiente corporativo, a vantagem da atualização de vacinas está no controle de doenças infecciosas, que se propagam com facilidade em ambientes fechados e com grande concentração de pessoas”. Uma dessas complicações é a gripe que, quando surge, pode desencadear surtos em toda a equipe, fazendo com que muitos funcionários faltem ao trabalho.

Gabriela pondera ainda que as vacinas são seguras e passam por diversas fases de avaliação, desde os processos iniciais de desenvolvimento até a produção e a fase final, na aplicação, garantindo sua segurança. Além disso, são avaliadas e aprovadas por institutos reguladores muito rígidos e independentes. “O Brasil conta com um dos mais completos Programas de Imunizações, com grande abrangência de vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde – OMS e disponibilizadas de forma gratuita para a população”, frisa.

Pandemia

A pandemia de Covid-19 é uma situação inédita para a nossa geração. No entanto, outras infecções graves continuam a circular. A meningite bacteriana, por exemplo, pode levar à morte. Por isso, as autoridades e órgãos de saúde alertam para a importância de manter a vacinação de rotina entre a população.

Segundo a OMS, a descontinuidade — mesmo que por breves períodos, — aumenta o número de indivíduos suscetíveis e a probabilidade de surtos de doenças evitáveis por vacinas. As consequências são o crescimento da morbidade e mortalidade, em especial em lactentes e outros grupos vulneráveis, e a sobrecarga dos sistemas de saúde já sobrecarregados diante da pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Gesto vacinal

O Sesi oferece vacinação de influenza para as indústrias entre os meses de março e julho. Para isso, as empresas devem realizar a contratação do gesto vacinal do Sesi, que já vem incluso a dose da vacina, tanto para os trabalhadores quanto para os dependentes diretos.

Segundo o médico do Trabalho do Sesi MT, Ediney Espínola, realizar campanhas de vacinação para os colaboradores, além de protegê-los, evita também a transmissão de doenças para clientes, parceiros ou, até mesmo, pacientes, no caso de empresas que atuam na área da saúde.

“É um benefício para todos. Já que, com essa atitude, é possível ampliar a proteção da população, principalmente, entre os mais vulneráveis, como os idosos, crianças ou pessoas com deficiência imunológica”.

Para ele, ao adotar essa prática, a empresa acaba reduzindo o índice de doenças infecciosas no ambiente corporativo, mantendo os colaboradores mais saudáveis, concentrados e dispostos a entregar as suas tarefas dentro do prazo, contribuindo para o aumento da produtividade das indústrias.

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema FIEMT / SESI-MT - ​​Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555