• SESI/MT
  • SENAI/MT
  • IEL/MT
  • Sistema FIEMT
Voltar

Capacidade de adaptação é crucial para superar a crise da Covid-19, revela presidente da Falconi Brasil

28/05/2020 - 08h26

A presidente da Falconi Brasil, Viviane Martins, deu várias dicas de como as empresas devem atuar para superar a crise da Covid-19, na tarde desta quarta-feira (27.05). As recentes mudanças de comportamento, do consumidor e do mercado exigem rápida adaptação das empresas. A live, promovida pela Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), integra a Semana da Indústria.

O próximo, e último convidado desta edição, é o psiquiatra e escritor, Augusto Cury. Como administrar suas emoções num período de tantas incertezas será o tema da palestra. A transmissão será na quinta-feira (28.05), às 19h, no YouTube da Fiemt.

Confira alguns insights:

- Governança de Crise: ver e agir. Definir quem vai coordenar a gestão da crise e o formato de trabalho. Devem focar em 4 pilares: financeiro; pessoal; operações e processos; sociedade e clientes.

- O isolamento mudou o perfil do consumidor, o que impacta em mudanças nas empresas.

- Item básico da gestão: é preciso ter meta, embora a dinâmica de acompanhamento necessite ser mais ágil.

- Para estipular a meta é preciso traçar cenários: 1º cenário de estresse/pessimista; 2º cenário moderado; 3º cenário otimista.

- A tônica, no momento, é de sobrevivência para a maioria das empresas.

- Existia uma evolução em curso, que a crise fez um processo de aceleração. É preciso compreender mudanças que já estavam batendo à porta.

- Já havia modelos de negócios disruptivos, internet das coisas e big data, novas competências técnicas específicas, economia de rede, concorrência de novos negócios e startups e diferenciação por reputação.

- É preciso ter resiliência, agilidade, nova percepção de risco e vulnerabilidade, além de capacidade de adaptação. Esses fatores são importantes para compreender o comportamento da demanda, avaliar mudanças da cadeia de abastecimento, transformar processos e canais de vendas e da própria indústria.

- É preciso fazer ajuste do portfólio e projetos estruturantes. De acordo com o caixa, defina o que deve ser feito: extinção, postergação, repriorização, aceleração ou manutenção de cada projeto planejado no início do ano.

- Se o caixa tiver fôlego, escolha investimentos priorizando o longo prazo.

- Faça investimentos e fortaleça a segurança cibernética do seu negócio. Muitos hackers podem aproveitar deste momento para roubar seus dados.

- Faça escolha que te leve a transformação do seu negócio ou modelo de negócio.

- Controle as ações: status de execução, gestão da efetividade e traçar ações corretivas, se necessário.

- Preparação para a retomada: mapear as atividades advindas das crises e da mudança de cenário competitivo. É preciso avaliar a mudança de comportamento do cliente (canais digitais), da organização (trabalho remoto) e do mercado (mudanças na cadeia de suprimentos e valorização de produção local e compromisso social).

- A busca por eficiência ganha mais espaço durante a crise. Sempre tem a oportunidade de melhorar o modelo de trabalho, redesenhar processos e garantir que a operação seja eficiente.

A transmissão foi gratuita pelo Youtube da Fiemt. Assista novamente:

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema FIEMT / SESI-MT - ​​Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555