• SESI/MT
  • SENAI/MT
  • IEL/MT
  • Sistema FIEMT
Voltar

MT marca presença na etapa regional de Torneio de Robótica FLL em Brasília

05/02/2020 - 16h21

Misturando criatividade, tecnologia e inovação, na próxima sexta-feira (07.02), a partir das 8h, o Sesi Escola Taguatinga (DF) sedia a etapa regional da First Lego League (FLL ), um dos eventos de robótica mais conhecidos no mundo. Mato Grosso marca presença com duas equipes-base do Sesi Escola: Brotherhood, da unidade de Cuiabá, e Young Creators, de Várzea Grande. A comitiva é composta ainda por dois professores e duas psicólogas - técnicos do projeto.

O evento desafiará estudantes de 9 a 16 anos a pesquisar e propor soluções que possam contribuir para o desenvolvimento das cidades, bem como construir e programar robôs autônomos. Ao todo, participam nesta etapa 28 equipes, sendo que cinco serão selecionadas para enfrentar a fase nacional, que ocorre em março em São Paulo, pela qual os vencedores no país terão a chance de representar o Brasil na etapa internacional.

Cada equipe é formada por estudantes de seis a 10 anos, tendo de quatro a seis membros cada uma, incluindo meninos e meninas.

Batizada de City Shaper, a temporada 2020 da FLL dá aos estudantes o poder de ajudar a construir cidades cada vez melhores. Cada competidor é parte fundamental de uma comunidade em pleno desenvolvimento.

“Trabalho há seis anos com a robótica e em toda edição do torneio sou tomado pela alegria e encantamento desse projeto. Espero nunca me acostumar com essa sensação, pois isso me motiva vir trabalhar disposto todos os dias. Nesta temporada, trabalhamos com o tema City Shaper e está sendo gratificante acompanhar o processo de aprendizagem da equipe em temas como cidades inteligentes, sustentabilidade e tecnologia. Estamos confiantes em alcançar um bom resultado”, declara o técnico Carlos Juliani.

Abas de avaliação

A competição estimula os estudantes a pesquisar sobre problemas na área do tema proposto, desenvolver e apresentar um projeto de pesquisa. Os competidores também terão que criar e programar robôs para cumprir 14 missões sugeridas no tapete First Lego League da temporada, onde os robôs deverão capturar, transportar ou entregar objetos em uma arena. Os times terão direito a três rounds, de dois minutos e 30 segundos cada, para execução das tarefas. Cada equipe terá entre dois e 10 estudantes.

Durante os dois dias de competição, os participantes precisarão mostrar que sabem trabalhar em sintonia, além de mostrar capacidade de inovação e raciocínio lógico. Todos serão avaliados em quatro categorias: Projeto de Inovação, Design do Robô, Desafio do Robô e Core Values - valores que norteiam a FLL.

Para o quesito Projeto de Inovação, a equipe Brotherhood apresenta o ‘Truque de Terra’ – que oferece uma alternativa sustentável e econômica na construção civil. “Nossa proposta é fazer uma mistura de elementos específicos, pelo qual podemos reduzir significativamente o custo de uma obra, reduzindo custos e oferecendo conforto térmico”, explica a técnica Mara Farias.

Também com foco na construção civil, a equipe Young Creators leva para a competição uma proposta para minimizar o desperdício de recursos naturais não renováveis. “O BIP (Bloco Inteligente de PET) foi criado a partir de garrafas pets de refrigerante e água e de produtos de limpeza derretidas, moldadas em blocos de 25 x 15 x 10 cm, com alta resistência e durabilidade”, explica a professora Cristiane Façanha.

De acordo com ela, o projeto conta ainda com um dispositivo de segurança que detecta início de incêndio, acionando um alarme sonoro e visual, de modo que os moradores se retirem da residência, incluindo PNEs. “Certamente é um projeto inovador e de grande viabilidade na construção de cidades inteligentes”.

A aluna Rayane Franco, 14 anos, da unidade de Várzea Grande, afirma que a expectativa está grande e que a equipe está confiante em avançar para a próxima etapa. “Trabalhamos o ano de 2019 inteiro para garantir um bom resultado e vamos dar o nosso melhor nesta competição”.

Natally Cândido, 13 anos, também acredita na capacidade da sua equipe, a Brotherhood, mas pondera que, acima de tudo, o evento é uma oportunidade para aprender coisas novas, ter boas experiências e conhecer pessoas. “Quero dar o melhor de mim e contribuir com a minha equipe”, enfatiza.

Além do Distrito Federal, outros 13 estados também sediarão as etapas regionais: Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema FIEMT / SESI-MT - ​​Serviço Social da Indústria
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555